Da loja física para a loja virtual: Expanda o seu negócio por meio do e-commerce

Da loja física para a loja virtual: Expanda o seu negócio por meio do e-commerce

Da loja física para a loja virtual: Expanda o seu negócio por meio do e-commerce

Veja por onde começar a montar a sua loja virtual e avance também neste novo canal de vendas para a sua marca!


Quem tem uma loja física pode constantemente se sentir ameaçado pela grande expansão do e-commerce. De acordo com o Webshoppers 2019, estudo realizado pelo Ebit desde 2001 sobre comércio eletrônico: 2,7% das vendas feitas no Brasil em 2018 foram realizadas pela Internet. Um crescimento de 17,9% em relação ao ano anterior.


Por isso, ter uma loja virtual e vender pela Internet é uma oportunidade. Não só para quem quer empreender e começar um negócio do zero quanto para quem já ter um comércio de forma mais tradicional, por meio do ponto físico.


Atualmente, criar uma loja virtual é algo que, embora muito fácil, existem plataformas no mercado que auxiliam nesta missão. Como as plataformas da Loja Integrada e a Xtech Commerce colocam à disposição de clientes com todos os níveis de conhecimento técnico, exige tanto tempo e compromisso quanto ter uma loja física.

Estude sua concorrência!

Antes de se desafiar por esse novo caminho, é importante entender por onde começar


Um bom primeiro passo é analisar seus concorrentes que já tem uma presença online. Se o seu concorrente já tem um e-commerce, esse pode ser um dos melhores indicativos de que você deve começar a estruturar a sua loja online o quanto antes.


Além dos concorrentes principais, estude também outros players do mesmo segmento. Isso te ajudará a entender o diferencial do seu negócio, quais problemas estes concorrentes não estão atacando, e em que sua loja virtual poderá se destacar ao atacar.

Escolha a plataforma

Parte importante do processo de começar a investir em uma loja virtual é: escolher a plataforma mais adequada ao seu negócio.


Além das funcionalidades oferecidas, um ponto a ser analisado é a integrabilidade com outros serviços externos que a plataforma apresenta.


Por já ter uma loja física, certamente você conta com uma série de ferramentas para a gestão do negócio. Como por exemplo um ERP. A integração desse sistema, seja por meio de API criada especificamente para sua loja ou por um aplicativo já disponibilizado pela plataforma, é de extrema importância.

Busque profissionais capacitados

Para fazer esse novo canal de vendas do seu negócio dar certo, a melhor alternativa é contar com ajuda de profissionais com amplo conhecimento em e-commerce para te ajudar.


Existem diversas agências e profissionais freelancers com grande bagagem na estruturação de lojas virtuais. Em geral, as próprias plataformas de e-commerce costumam apresentar uma relação de parceiros credenciados e que já estão habituados a desenvolver novos negócios usando sua tecnologia. Além de diversos outros serviços complementares, como Design, Marketing Digital, SEO e diversos outros.

Loja virtual – possíveis efeitos e vantagens

Ao se tornar-se virtual, seu negócio poderá se beneficiar de várias formas. Vamos te apresentar alguns dos possíveis efeitos desse novo canal:

1. Ampliação da presença da marca

De acordo com uma pesquisa realizada pela CDNL – Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e pelo SPC Brasil – Serviço de Proteção ao Crédito, 47% dos internautas só compram em uma loja física após pesquisar sobre o produto e sobre a loja na internet.


Com um e-commerce, seu negócio passará a fazer parte deste fluxo de forma ampliada. Uma vez que o cliente poderá completar a compra tanto presencialmente em seu ponto físico quanto na loja virtual.


Quando se tem uma loja física, muitos fatores externos influenciam no sucesso do negócio. Como a quantidade de pessoas que circula pelo ponto escolhido para a loja, as despesas com aluguel do espaço, com a estrutura em geral, e diversos outros detalhes.


Apesar de no comércio eletrônico a lógica ser parecida, pois é importante que uma boa quantidade de clientes visite a loja para que as conversões aconteçam, o e-commerce não exige uma excelente localização e uma estrutura física complexa, mas exige dedicação.

2. Aumento das vendas

Sua loja física continuará encantando seus clientes fiéis e aqueles que passam por seu ponto no dia a dia. Enquanto uma novo grupo de pessoas e clientes descobriram sua loja online.


Caso você trabalhe bem a questão do SEO e posicionamento da sua loja no Google, sua loja física será afetada aparecendo em melhores posições nas buscas, e com um baixo investimento.

3. Maior disponibilidade

Umas das principais vantagens de se ter uma loja virtual é o tempo disponível que seu negócio tem para seu cliente.

Ao contrário de uma loja física, um e-commerce fica aberto 24 horas por dia, 7 dias por semana. E sem precisar pagar horas extras ou adicional noturno.

Para o comprador, qualquer hora é hora de comprar. E esta é uma forma de você estar sempre disponível para a venda.

4. Melhor conhecimento do seu cliente

Outra grande vantagem de se vender online é a possibilidade de se metrificar muitas coisas. Usando ferramentas como o Google Analytics. Além de entender quais produtos mais vendem e outras demais estatísticas sobre seus produtos, você poderá ter acesso à informações importantes sobre o perfil do seu cliente.


Além de ajudar a direcionar melhor sua loja online, o comportamento do cliente também te ajudará a traçar melhores estratégias para sua loja física. Como quais produtos fazem mais sucesso – não só em vendas, mas em visitas, e diversas outras possíveis ações.

5. Conciliando ambos os canais

Com sua loja virtual ativa e funcionando, o maior desafio será conciliar ambos os canais, com suas diferentes características e necessidades.


Uma das tarefas mais complexas é a distribuição e gestão do estoque. Ou seja, a quantidade de produtos que você vai reservar para venda na loja física e na loja online. Além do cuidado para não vender online um produto que já não está mais em estoque.


Embora, em um primeiro momento, o público de ambos os canais possa ser o mesmo. Pode acontecer de o cliente ter características individuais e hábitos de consumo diferentes na loja física e na loja virtual.


Por isso, acompanhar de perto ambos os canais é muito importante. E evitará que você sabote um dos canais direcionando seus esforços só para a loja virtual ou para a loja física.




Enfim, esperamos que as dicas ajudem a inovar e ampliar os seus resultados nesse novo canal de vendas. Para ler outros conteúdos relacionados, clique aqui.


Até a próxima!


Você também pode gostar de…


Comments (2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este artigo foi útil para você?

Somos uma plataforma incrível de análise de performance de varejo. que conecta de forma inteligente o gestor e a sua equipe de vendas. De maneira fácil, dinâmica e intuitiva, levamos estas respostas para você!

Av. Feliciano Sodré, 300 - Várzea (Sala 604), Teresópolis - RJ, 25963-082

Conteúdo

Contatos

comercial@indeva.com.br
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados | Website desenvolvido por Erik Perin | Segurança por Oktopus